Roteiro Gastronómico

Neste roteiro gastronómico iremos dar a conhecer as particularidades de cada Região de Portugal (Alentejo, Algarve, Porto e Região Norte, Região Centro e Região de Lisboa).
Damos foco à nossa Gastronomia e a algumas receitas que apresentamos em Food From Portugal.

Alentejo

A região do Alentejo, a maior de Portugal, tem muito para contar, local onde impera a paz de espírito e tranquilidade.
É rica em paisagens, desde as suas típicas planícies às zonas montanhosas e serranas incluindo uma faixa costeira deslumbrante com praias idílicas, notáveis cidades e aldeias típicas que parecem paradas no tempo. As suas imensas planícies durante anos levaram a que se apelidasse a região de “celeiro de Portugal”, visto apresentar condições propícias à cultura do trigo, da cevada, da aveia e do girassol.
O Alentejo é também uma região histórica, com imensos vestígios arqueológicos que remontam à época pré-histórica.
A sua cozinha tradicional tem como base os incontornáveis porco, borrego e o pão. Aos ingredientes principais adicionam-se temperos locais que crescem livremente nas planícies e perto das ribeiras, tais como a salsa e os coentros, passando ao cultivo das hortas e dos campos com uma grande variedade de produtos hortículas, dando especial foco à produção de azeite e à sua utilização como tempero.

Alguns pratos típicos:

Sopa de cação à Alentejana

Sopa de cação à alentejana num prato de sopa

Sericaia

Sericaia num prato

Carne de porco à alentejana

Carne de porco à Alentejana numa travessa

Arroz doce

Arroz doce numa taça de vidro

 


Algarve

O Algarve é a região mais a Sul de Portugal Continental, fazendo fronteira a norte com a região do Alentejo e a sul com o Oceano Atlântico. É a região mais meridional entre todas, tornando-se a região turística mais importante de Portugal e uma das mais importantes da Europa. O seu clima temperado mediterrânico e a deliciosa e saudável gastronomia são atributos que atraem milhões de turistas nacionais e estrangeiros todos os anos e que fazem do Algarve a região mais visitada e uma das mais desenvolvidas do país. A arquitectura típica do Algarve com terraços e chaminés tipicamente Mouriscos, as amendoeiras, laranjeiras e outras árvores de fruto são heranças mouras que se fincaram na região durante os séculos, dando a conhecer um vasto Património histórico, cultural e artístico.
A Gastronomia Algarvia baseia-se em antigas tradições e produtos, destacando-se todos os pratos de peixe e marisco desta saborosa costa, mas igualmente carnes de porco, cozidos de grão e de couve e pastelaria baseada sobretudo em ovos e frutos secos, como a amêndoa ou o figo.
A rica e variada gastronomia junta receitas da zona costeira e das regiões do interior, tais como:

Massada de tamboril e camarão

Massada de tamboril e camarão num prato

Chocos à Algarvia

Chocos à algarvia numa travessa

Salada de polvo

Salada de polvo num prato

 

Porto e região norte

Região de costumes e tradições, considerada o Berço da Nação, sendo limitada a norte e leste com Espanha, a oeste com o Oceano Atlântico e a sul com a vasta Região Centro. Apresenta um vasto território, com realidades bem díspares, desde cidades desenvolvidas e prósperas a aldeias rurais e serranas, perdidas em idílicas paisagens do Minho ou Trás-os-Montes, lembrando a grande herança histórica da Região. No Norte nasceu, no século XII, o primeiro Rei de Portugal, que rumou para sul conquistando territórios e formando Portugal.
Na Região Norte encontram-se territórios tão diferentes como a cidade do Porto, a segunda mais importante do País, desenvolvida, rica e também histórica, e as aldeias comunitárias de Trás-os-Montes ou Alto Minho, de difíceis acessos, quase despovoadas e tão tradicionais. Repleta de Parques Naturais com paisagens protegidas e espécies em vias de extinção, é uma região com um clima mais rigoroso e uma vegetação mais luxuriante, onde o solo foi sabiamente adaptado aos mais diversos tipos de agricultura.
A Gastronomia da Região Norte revela uma enorme variedade agrícola, pastagens férteis, saberes e conhecimentos sábios e antigos, que varia conforme a paisagem. Com a influência do Atlântico, o peixe e marisco fresco são uma mais valia. Apresenta também carne de qualidade, enchidos afamados, queijo de ovelha e de cabra, e os internacionalmente afamados vinhos tinto, verde, branco e rosé.

Destacamos as seguintes receitas:

Bacalhau à Gomes de Sá

Bacalhau à Gomes de Sá numa travessa

Cozido à Portuguesa

Cozido à Portuguesa numa travessa

Dobrada

Dobrada servida numa tigela

Bacalhau à lagareiro

Bacalhau à lagareiro numa assadeira

 

Região centro

Esta região situa-se bem no coração de Portugal, delimitada a norte pela Região Norte, a leste com a Espanha, a sul com o Alentejo e Região de Lisboa e a oeste com o Oceano Atlântico. Apresenta-se como uma região rica em história e património e é terra de gente hospitaleira.
Na Região Centro encontram-se realidades bem distintas, desde cidades grandes e desenvolvidas que partilham heranças com aldeias perdidas no tempo. A costa atlântica contrasta com o verde das montanhas e das serras do interior.
Na Gastronomia esta diversidade de paisagens e realidades reflecte-se, combinando o saber de gerações tão longínquas com o melhor sabor à mesa. Na zona costeira saboreiam-se os peixes e mariscos frescos, na zona serrana a qualidade das carnes e dos campos de pastagens permitem afamados enchidos, queijos, mel e vinhos de qualidade. Destaca-se, entre os produtos vegetais, o predomínio da batata, da couve-galega, da couve portuguesa, tomate, o nabo, a nabiça, o feijão verde, o feijão seco e a cebola. Nas carnes, a carne de porco é, de longe, a mais utilizada, segue-se a esta carne a de cabrito e/ou de borrego, mais utilizada na confecção de pratos festivos.

Algumas das receitas são:

Tigelada

Tigelada numa taça de barro

Caldo verde

Caldo verde num prato de sopa

Sopa de feijão encarnado

Sopa de feijão encarnado numa tigela de sopa

 

Região de Lisboa

A Região de Lisboa compreende parte do distrito de Lisboa e de Setúbal. Limitada a norte com a Região Centro, a nordeste, leste e a sul com o Alentejo, e a sul e oeste com o Oceano Atlântico.
Nesta região encontra-se a cidade capital de Portugal e a sua grande área metropolitana, cheia de locais de interesse turístico e patrimonial, sendo inclusivamente das cidades com maior procura turística do continente Europeu, conhecida pela sua luz e de encanto único, com praias afamadas e diversificadas, com excelentes infra-estruturas e vias de comunicação, bem como uma grande oferta de restauração e hotelaria. Revela também uma costa incrivelmente recortada, com diversos cursos de água, serras, áreas montanhosas, zonas de cultivo agrícola e zonas industriais, marcada por cidades desenvolvidas a todos os níveis que contrastam com pequenas aldeias que sobreviveram ao passar do tempo, ou por larga densidade de áreas residenciais e suburbanas. Esta Região revela vários monumentos e paisagens consideradas Património da Humanidade pela UNESCO, Parques e Paisagens Naturais e Protegidos.
A força do mar e dos rios que aqui se cruzam está presente na sua Gastronomia, com os mais variados pratos e temperos bem frescos, mas também muitos outros produtos provenientes dos férteis solos da região, como variados vegetais, fruta ou os queijos de cabra e ovelha. De qualidade são também as vinhas da região, que permitem a produção de vinhos apreciados.
Esta região é muita rica em pratos tradicionais, devido à sua extensa costa e terras banhadas pelo rio Tejo, a região oferece uma grande variedade de receitas à base de peixe fresco e marisco. No entanto vários pratos tradicionais são igualmente confeccionados com a carne de região, em especial o cabrito e o borrego.

Salientamos as seguintes receitas:

Bife à café

Bife à café num prato

Pastéis de nata

Pastéis de nata num prato

Bacalhau à Brás

Bacalhau à Brás num prato

Açorda de marisco com broa de milho

Açorda de marisco com broa de milho num prato

Bom apetite!!!